Pesquise no Grupo AVPH
loading...

Anatotitan

    O Anatotitan cujo nome tem origem no grego e significa "grande pato" pertencia ao grupo dos dinossauros-bico-de-pato ou hadrossauros, que viveu há aproximadamente entre 68 a 65 milhões de anos atrás durante o período Cretáceo na América do Norte.
   possuíam patas traseiras poderosas e as utilizavam para se defender, suas patas dianteiras eram mais frágeis e delicadas. Pastavam se apoiando nas quatro patas, mas poderiam andar somente em suas patas traseiras se fosse necessário correr. Na frente da mandíbula do Anatotitan formou-se um bico largo e longo. Atrás desse bico, haviam baterias de dentes e uma bochecha forte, que proporcionavam uma mastigação potente, que aliada a uma boca com centenas de dentes, os tornavam verdadeiras máquinas de comer. podiam atingir cerca de 12 metros de comprimento e pesavam quase 4 toneladas.
    O holótipo (espécime em que o gênero se baseia) foi um crânio completo e mais de um esqueleto coletados em 1882 por Dr. J.L. Wortman e R.S. Hill para o famoso paleontólogo americano Edward Drinker Cope. Este espécime, encontrado em rochas da Formação Hell Creek, no nordeste de Black Hills de Dakota do Sul e teve originalmente extensas impressões de pele. Estavam faltando apenas partes da pelve e do tronco. Ao descrever este espécime (agora o holótipo de Anatotitan copei, AMNH 5730), Cope havia atribuído a Diclonius mirabilis. Esta combinação foi criada combinando Diclonius, um gênero hadrossaurídeo baseado em dentes e descrita por Cope, com Trachodon mirabilis, um nome mais antigo com base em dentes e publicado por Joseph Leidy. Cope, acreditando que Leidy havia abandonado Trachodon, atribuído as espécies antigas de seu gênero. Leidy tinha vindo a reconhecer que sua Trachodon baseou-se nos restos de várias espécies de dinossauros, e tinha feito algumas tentativas de revisão do gênero, mas não fez uma declaração formal de suas intenções.
   Cope havia descrito hadrossaurídeos como anfíbios, contribuindo para esta imagem de longa data. Seu raciocínio era que os dentes do maxilar inferior foram fracamente ligado ao osso e susceptível de quebrar se usado para consumir o alimento terrestre, e ele descreveu que o bico era bem fraco. Infelizmente para Cope, havia se baseado em um erro, pois vários dos ossos do crânio e da mandíbula inferior estavam faltando, principalmente os que davam suporte aos dentes e estes eram bem suportados. Este espécime, AMNH 5730, foi comprado pelo Museu Americano de História Natural, em 1899.
   Está especie já foi classificada por diversos nomes, o mais comum havia sido Anatosaurus copei, entretanto novos estudos levaram para a classificaçãoa atual de Anatotitan copei.

Dados do Dinossauro:
Nome: Anatotitan
Nome Científico: Anatotitan copei
Local em que viveu: América do Norte
Época: Cretáceo
Peso: Cerca de 4 toneladas
Tamanho: 12 metros de comprimento
Alimentação: Herbívora

Classificação Científica:
Reino: Animalia
filo: Chordata
Classe: Sauropsida
Superordem: Dinosauria
Ordem: Ornithischia
Família: Hadrosauridae
Subfamília: Hadrosaurinae
Gênero: Anatotitan
Espécie: Anatotitan copei

Referências:
- Chapman, RE; and Brett-Surman, MK. (1990). Morphometric observations on hadrosaurid ornithopods. Carpenter, K; and Currie, PJ. (Editors.). Dinosaur Systematics: Approaches and Perspectives. Cambridge: Cambridge University Press. Pp. 163-178.



loading...
loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.