Pesquise no Grupo AVPH
loading...

Urso de cara achatada

    O Urso de cara achatada (Arctodus simus) cujo nome comum tem origem em seu focinho que curto se comparado aos outros ursos e "Arctodus" tem origem do grego e significa "dente de urso". É uma espécie de urso que viveu há aproximadamente entre 800 e 11,6 mil anos atrás durante o Pleistoceno na América do Norte.

    Essa espécie era mais alta e mais ágil que os atuais ursos, podendo atingir 3,5 metros de altura em pé e 1,8 metros de altura nos ombros, o que os tornavam mais rápidos (cerca de 70 km/h) e letais. O crânio do Arctodus demonstra um modo de vida extremamente carnívoro, com molares especializados em cortar carne, focinho curto com musculatura poderosa e dentes caninos grandes, resultando em uma mordida mortal. A distância entre os olhos era larga e frontal, com uma grande cavidade ocular, resultando em uma excelente visão a qual podia ser amplificada ao ficar em pé. Esses fatores juntamente com suas pernas longas as quais eram responsáveis por sua grande agilidade e velocidade, o tornavam um ótimo caçador de longas distâncias, estando apto a perseguir tanto animais pequenos e rápidos como grandes e lentos, como antílopes, cavalos, preguiças, entre outros. Poderiam também intimidar e roubar a caça de outros predadores menores como Lobos terríveis (Canis dirus), Dentes de sabre, Leões americanos e outros ursos. Tornando-os um dos maiores predadores mamíferos terrestres conhecidos e o maior que já viveu na América do Norte.

    Estudos dos ossos dessa espécie mostraram elevadas concentrações de nitrogênio-15, que é um isótopo estável de nitrogênio, acumulado em maior escala por animais carnívoros, que aliado a análise de sua dentição, confirmam um dieta quase exclusiva a base de carne e dessa forma um animal adulto deveria consumir cerca de 16 quilogramas de carne todo dia para sobreviver. Com certeza na falta de carne, eles poderiam se alimentar de frutas e folhas como fazem os ursos atuais.

    O Urso de cara achatada era uma das espécies mais comuns na América do norte, especialmente na região da Califórnia. Pertenciam a uma subfamília do grupo dos ursos conhecida como Tremarctinae, que chegou as Américas durante o Mioceno em forma de sua espécie ancestral Plionarctos, que também se acredita ser ancestral dos ursos do gênero Arctotherium e Tremarctos. Os restos mais antigos que se conhecem do Arctodus simus datam de 800 mil anos atrás e a espécie ocupou desde o Alasca até o Mississípi, se tornando extinto a 11,6 mil anos atrás.

    Essa espécie foi descoberta por Cope em 1879, desde então muitos outros restos fósseis foram encontrados, um dos maiores conhecidos foi encontrado em Indiana ao sul de Rochester no oeste do Lago Nyona em uma fazenda.

Dados do Mamífero:
Nome: Urso de cara achatada
Nome Científico: Arctodus simus
Época: Pleistoceno
Local onde viveu: América do Norte
Peso: Cerca de 900 quilos
Tamanho: 1,8 metros de altura nos ombros
Alimentação: Carnívora

Classificação Científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Ursidae
Subfamília: Tremarctinae
Gênero: Arctodus
Espécie: Arctodus simus Cope, 1879

Referências:
- Brown, Gary (December 3, 2013). The Bear Almanac, 2nd: A Comprehensive Guide to the Bears of the World. Lyons Press. p. 8. ISBN 978-0762788064.
- COPE, E. D. 1879. The cave bear of California. American Naturalist, 13:791.
- Figueirido et al. (2010). "Demythologizing Arctodus simus, the ‘short-faced’". Journal of Vertebrate Paleontology 30 (1): 262–275. doi:10.1080/02724630903416027.
- "North American Bear Center". Extinct Short-faced Bear.
- "The Biggest Bear ... Ever". Nancy Sisinyak. Alaska Fish and Wildlife News. Retrieved 2008-01-12.
- What size were Arctodus simus and Ursus spelaeus? - Christiansen P., http://www.sekj.org/PDF/anzf36/anzf36-093p.pdf
- "Yukon Beringia Interpretive Centre".



loading...
loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.