Pesquise no Grupo AVPH
    Faça uma Doação R$5,00

Cooksonia

   Cooksonia é um grupo extinto de plantas terrestres primitivas, que viveu há aproximadamente 433 a 393 milhões de anos atrás durante o meio do Siluriano até o começo do Devoniano, sendo um dos principais componentes da flora durante esse período no mundo todo, sendo a maioria encontrada na Inglaterra. Foi nomeada em homenagem a Isabel Cookson que coletou os fósseis na Pedreira Perton.
   Cooksonia é a mais antiga planta conhecida com haste de tecido vascular, sendo portanto, uma importante forma de transição entre os primitivos não vasculares briófitos e as plantas vasculares. Apenas a fase esporófito de Cooksonia, a fase que produz esporos em vez de gâmetas, é atualmente conhecida. Elas eram eram pequenas, com poucos centímetros de altura e possuíam uma estrutura simples, não possuindo folhas, flores ou raízes. Embora existam teorias de que elas cresciam a partir de um rizoma que não se fossiliza. Possuíam um caule ramificado dicotomicamente simples, cada ramo terminava em um esporângio, uma arredondada estrutura contendo esporos, em forma de trombeta, com uma espécie de tampa ou opérculo que se desintegrava liberando os esporos.
   A largura das hastes poderia variar de cerca de 0,03 mm a 3 mm e foram encontradas em algumas espécies estruturas similares a estomatos, importantes nas trocas gasosas, que podiam auxiliar também no transporte de materiais dissolvidos no xilema.
   Os fósseis foram descritos primeiramente por William Henry Lang em 1937 e foram nomeadas em honra de Isabel Cookson, que tinha colaborado nas pesquisas e coletado os espécimes de Cooksonia pertoni na Pedreira Perton, no País de Gales, em 1934. Havia inicialmente duas espécies, Cooksonia pertoni e C. hemisphaerica. Seis outras espécies foram posteriormente agregados ao gênero: C. crassiparietilis, C. caledonica, C. Cambrensis, C. bohemica, C. banksii e C. paranensis. Uma revisão em 2010 realziada por Gonez e Gerrienne concluiu que a delimitação do gênero foi impreciso e que algumas espécies precisavam ser removidas, em especial aqueles em que os esporângios não possuíam forma de trombeta, como C. caledonica que foi alterada para Aberlemnia caledonica e C. crassiparietilis.


Dados da Planta:
Nome Comum: Cooksonia pertoni
Nome Científico: Cooksonia pertoni
Época: Siluriano
Local onde viveu: Todos os continentes
Diâmetro: Cerca de 3 milimetros
Altura: 3,7 centimetros

Reino: Plantae
Subreino: Embryophyta
Superdivisão: Polysporangiomorpha
Divisão: Tracheophyta
Gênero: Cooksonia
Espécie: Cooksonia pertoni , (W.H.Lang. 1937)

Referência Bibliografica:
- Lang, W.H. (1937), "On the plant-remains from the Downtonian of England and Wales", Phil. Trans. Royal Soc. B 227 (544): 245–291, Bibcode 1937RSPTB.227..245L, doi:10.1098/rstb.1937.0004.
- Gonez, P. & Gerrienne, P. (2010a), "A New Definition and a Lectotypification of the Genus Cooksonia Lang 1937", International Journal of Plant Sciences 171 (2): 199–215.


loading...
loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.