Pesquise no Grupo AVPH
loading...

Evolução dos cachorros

    Todos os canídeos (grupo dos cachorros) tem sua origem na Ordem Carnívora e descendem de um animalzinho que surgiu há 56 milhões de anos atrás, logo após a grande extinção dos dinossauros, chamado de Miacid, esse mesmo animalzinho deu origem a todos os chamados "patas de veludo" (aquelas "almofadinhas" nas patas dos cachorros) ou os atuais lobos, ursos, gatos, hienas, doninhas, guaxinins, leões-marinhos, focas entre outros.

    Há aproximadamente 35 milhões de anos atrás, descendendo dos Miacids surge o Tomarctus na Ásia, já com formas mais semelhantes ao da família, posteriormente surge o Cynodictis também na Ásia, que cruzando a ponte de terra entre a Ásia e a América do Norte deu origem a muitas das espécies de canídeos existentes hoje, há uns 25 milhões de anos atrás surgiram um grupos de cães semelhantes a ursos, denominados Cães-Ursos (Amphicyonids), que eram mais robustos que o resto da família e posteriormente deram origem a família dos atuais Ursos, existiram também cães semelhantes a gatos, ou seja, arborícolas e os cães parecidos com hienas, comedores basicamente de carniça e ossos, que possuía também uma musculatura mais desenvolvida principalmente nos maxilares, mas ambas as espécies foram extintas provavelmente pela competição com os felinos, há 10 milhões de anos atrás surgiram cães com forma atuais que se disseminaram sob forma de pequenos animais (pois com a presença de cães-ursos e outros competidores, não era possível atingirem maiores proporções), como chacais, coiotes e raposas que ficavam migrando do continente asiático para o norte-americano, mais há aproximadamente 8 milhões de anos atrás, ocorre a extinção dos chamados cães-ursos e abre-se uma brecha para a evolução dos canídeos de grande porte, como um lobo pequeno que ainda existe com poucas modificações migrou para a Ásia e lá, há aproximadamente 300 mil anos atrás, crescendo constantemente deu origem aos atuais lobos-cinzentos, que ao retornarem para a América do Norte encontram seus primos menores e levam significativas vantagens na competição, porém um outro pequeno representante da família que também já apresentava tendências de crescimento o Canis armbrusteri Lobo Terrível (Canis Dirus), que voltou para a América do Norte há aproximadamente 100 mil anos atrás e lá "conviveu com seus primos menores" (pois não se sabe ao certo a que ponto eles interagiram), sendo extintos há 10 mil anos atrás com chegada do homem que exterminou suas presas naturais. Os lobos foram domesticados pelo homem a cerca de 6 mil anos atrás e com isso dando origem às diversas espécies de cães existentes hoje.

Veja na tabela abaixo os animais catalogados desse grupo:

Amphicyon major
Epicyon haydeni
Lobo Terrível
Miacid



loading...
loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.