Pesquise no Grupo AVPH
loading...

Ancestrais das Hienas

 

       As Hienas assim como todos os seres pertencentes a Ordem Carnívora tem sua origem em um animalzinho que surgiu logo após a grande extinção dos dinossauros há 56 milhões de anos atrás, o Miacids, esse mesmo animalzinho deu origem a todos os chamados " patas de veludo " (aquelas "almofadinhas" nas patas dos cachorros) e por mais incrível que pareça o parente mais próximo das Hienas não são os cães e sim os gatos, isso mesmo, as Hienas se separaram na linhagem evolutiva dos gatos há 30 milhões de anos atrás e dos cães há 40 milhões de anos atrás. Um dos primeiros ancestrais direto das Hienas chamado miozen surgiu na Eurásia há aproximadamente 27 milhões de anos atrás, mas a primeira Hiena só surgir há 22 milhões anos atrás era o Plioviverrops, o qual escalava árvores e tinha garras ainda idênticas aos dos gatos e comia pequenos vertebrados, frutas, plantas e carnes putrefata. Porém sua linhagem desenvolveu pernas longas ( para caçar em longas distâncias em campos abertos ) e focinhos longos ( para apurar o olfato e encontrar comida a maiores distâncias ), o que os tornou muito parecidos com os cães, os quais possuíam técnicas de caça semelhantes. 
    No auge da existência dessa família, há 15 milhões de anos atrás existiam mais de 30 espécies diferentes de Hienas quase todas vivendo entre a Ásia, Europa e Norte da África e ainda não especializados em carniça, possuíam dentes adaptados tanto para comer carne quanto para comer frutas. Entretanto há 7 milhões de anos atrás os canídeos de grande e médio porte cruzaram a ponte de terra entre a Ásia ( Rússia ) e o América ( Alasca ) e aí começou o declínio da família das Hienas, ocorrem extinções em massa de espécies de Hienas que não conseguiam sobreviver com a competição direta dos canídeos e o único jeito foi adaptar para sobreviver, algumas espécies já previamente adaptadas a comer carne putrefata, conseguiram sobreviver ocupando um nicho alimentar aos quais os cães não eram muito evoluídos. Os dentes e a musculatura das mandíbulas das Hienas se adaptaram para quebrar ossos se tornando umas das "mordidas" mais fortes do reino animal ( hoje em dia a mordida da Hiena é a mais forte entre os mamíferos ultrapassando a do leão e atingindo 800 quilos/cm2 ) e se tornaram tão boas nessa tarefa de desossar animais mortos que puderam até aumentar de tamanho se tornando enormes como a Hiena Gigante que podia pesar mais de 200 quilos (antepassada das atuais hienas manchadas) e poderia até roubar as presas de enormes dentes de sabre os quais eram grandes rivais.
    Hoje em dia existem somente 4 tipos de hienas, 3 comedores de carniça e um de térmitas.


Veja na tabela abaixo os animais catalogados desse grupo:

Hiena Gigante
Hiena Terrível
Miacid



loading...
loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.