Pesquise no Grupo AVPH
    Faça uma Doação R$5,00

Guaibassauro

Guaibassauro - AVPH

   O Guaibassauro cujo o nome significa "Lagarto de Guaíba", uma homenagem ao Rio Guaíba, por causa do Projeto Pró-Guaíba, um programa de apoio científico à pesquisa de fósseis do período Triássico e o nome candelariensis é uma homenagem a cidade de Candelária próxima do local onde foi descoberto. Foi um dinossauro terópode de pequeno porte, que viveu há aproximadamente entre 216,5 à 212,0 milhões de anos atrás, durante o final do período Triássico no Brasil.
   Bonaparte descobriu que essas formas podem ter sido sauropodomorpha primitivos, ou um conjunto de formas com um ancestral comum dos sauropodomorphas e terópodas, sendo bem semelhantes a aos prossaurópodes. No entanto, análises mais recentes definem os membros da família Guaibasauridae como sauropodomorphas. Possuíam três dedos completos e dois vestigiais em cada mão.
   Seus fósseis foram descobertos no geoparque da Paleorrota, em Sesmaria do Pinhal uma localidade perto de Candelária, Rio Grande do Sul, Brasil e foi originalmente nomeado em função do holótipo, MCN PV2355, um bem preservado esqueleto pós-craniano parcial e o parátipo, MCN PV2356, membro posterior esquerdo articulado e quase completo, após o estudo dos mesmos pelo paleontólogos José F. Bonaparte, Jorge Ferigolo e Ana Maria Ribeiro, em 1999. Posteriormente, mais duas amostras foram encontradas e classificadas como G. Candelariensis, (UFRGS PV0725T) um esqueleto articulado, quase completo, faltando um membro anterior, ambos os pés e o pescoço e o segundo (MCN PV 10112) composto de partes articuladas e alguns elementos isolados, incluindo uma mão parcial. Esses novos materiais foram coletados na localidade da Linha São Luiz perto da cidade de Faxinal do Soturno, também na Paleorrota.


Dados do Dinossauro:
Nome: Guaibassauro
Nome Científico: Guaibasaurus candelariensis
Época: Triássico
Local em que viveu: Brasil
Peso: Cerca de 75 quilogramas
Tamanho: 0,9 metros de altura e 1,80 metros de comprimento
Alimentação: Onívora


Classificação Científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: Saurischia
Subordem: Sauropodomorpha
Família: Guaibasauridae
Gênero: Guaibasaurus
Espécie: Guaibasaurus candelariensis Bonaparte, 1999

Paleoarte:
- Rodolfo Nogueira.

Referências:
- "A new early Late Triassic saurischian dinosaur from Rio Grande do Sol state, Brazil", 1999. Proceedings of the Second Gondwanan Dinosaur Symposium, National Science Museum Monographs.
- Bonaparte, J.F., Brea, G., Schultz, C.L., and Martinelli, A.G. (2007). "A new specimen of Guaibasaurus candelariensis (basal Saurischia) from the Late Triassic Caturrita Formation of southern Brazil." Historical Biology.
- "A reassessment of the basal dinosaur Guaibasaurus candelariensis, from the Late Triassic Caturrita Formation of south Brazil", 2011. Earth and Environmental Science Transactions of the Royal Society of Edinburgh.
- "New information on Riograndia guaibensis Bonaparte, Ferigolo & Ribeiro, 2001 (Eucynodontia, Tritheledontidae) from the Late Triassic of southern Brazil: anatomical and biostratigraphic implications". Anais da Academia Brasileira de Ciências.



loading...
loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.