Pesquise no Grupo AVPH
    Faça uma Doação R$5,00

Leão Europeu

Leão europeu - AVPH Leão europeu - AVPH Leão europeu - AVPH Leão europeu - AVPH

    O Leão europeu (Panthera leo europaea) é uma subespécie do leão atual que viveu aproximadamente entre 10 a 2 mil anos atrás durante o Holoceno na Europa.
    O Leão europeu era muito famoso entre os gregos, sendo constantemente citado em histórias e na mitologia. A citação mais famosa é o Leão da Neméia, que era um suposto Leão europeu gigantesco, criatura da mitologia greco-romana que habitava a planície de Neméia e que aterrorizava aquela região. Sua pele era impenetravel para lanças, espadas ou flechas utilizadas por pessoas mortais e seu rugído podia ser ouvido a quilômetros de distância e causava pânico em seus adversários. Na mitologia, o Leão da Neméia era filho de Tifão e Equidna ou as vezes de Cérbero com Quimera. No primeiro dos seus famosos doze trabalhos, o herói lendário Hércules recebeu de Euristeu a missão de derrotar o Leão de Neméia, para acabar com à devastação que este causava. Hércules tentou atingi-lo com flechas, mas elas não conseguiram perfurar o couro do animal. Então o herói aplicou um golpe de clava com toda sua força na cabeça do animal, fazendo-o cair desacordado, em seguida, Hércules estrangulou o Leão da Neméia e extraiu o couro dele utilizando as próprias garras do leão, pois nenhuma arma de ferro conseguia cortar ou perfurar o couro. Hércules então passou a usar a pele do Leão da Neméia como um manto protetor e a cabeça como elmo.
    Esses leões habitavam a Península Balcânica (atuais Grécia, Bulgária, Macedônia, Romênia e extinta Iugoslávia) até à península Ibérica, passando pela Itália, Hungria e o sul da Áustria, França e Suíça. Entre as subespécies de leão, essa era a que vivia mais ao norte. Viviam em florestas temperadas e áreas de vegetação mediterrânea, e se alimentavam de bisões, cervos, alces, auroques e outros herbívoros europeus de médio e grande porte.
    Alguns escritores gregos como Heródoto e Aristóteles falam da presença de leões na península Balcânica em meados do primeiro milênio antes de Cristo. No ano de 480 a.C., a marcha do Imperador persa Xerxes foi atrapalhada por um ataque de leões a seus camelos de carga. Essa subespécie de leão era utilizada nas arenas romanas para devorar cristãos e lutar contra gladiadores e outros animais tais como o tigres do cáspio e o ursos do atlas, fato este que afetou fortemente as populações e quando os leões-europeus se encontravam a beira da extinção, os romanos passaram a utilizar o leão do atlas e o leão da pérsia nas arenas. Outro evento que auxiliou a extinção dos leões-europeus foi a caça em grande quantidade, pois a caça desse leão era muito popular entre gregos, macedônios e romanos. Antes do nascimento do Cristo eles já haviam sidos extintos da Itália, próximo do ano 1 haviam sido extintos da Europa Ocidental, próximo do ano 70 depois de Cristo estavam restritos ao norte da Grécia, numa área que se estendia entre o rio Aliakmon e o rio Mesta e finalmente no ano 100 foram extintos por completo.
    Devido a próximidade geográfica dos territórios e de não se conhecer muito bem essa subespécie, se acredita que ela pode ter sido apenas uma variação européia do Leão asiático (Panthera leo persica) ou então os últimos remanescentes do Leão das cavernas (Panthera leo spelaea) que sobreviveram até as épocas históricas.

Dados do Mamífero:
Nome: Leão europeu
Nome Científico: Panthera leo europaea
Época: Holoceno
Local onde viveu: Europa
Peso: Cerca de 230 quilogramas
Tamanho: 1,20 metros de altura nos ombros e 2,40 metros de comprimento
Alimentação: Carnívora

Classificação Científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Felidae
Gênero: Panthera
Espécie: Panthera leo (Linnaeus, 1758)
Subespécie: Panthera leo europaea

Referências:
- Heptner, V. G. and Sludskii, A. A. (1992): Mammals of the Soviet Union Vol. II, Part 2 Carnivora (Hyaenas and Cats). Leiden, New York. ISBN 90-04-08876-8.
- Hesiod, Theogony 327.
- Sallares, R. (1991) The ecology of the ancient Greek world, Cornell University Press, p. 401 ISBN 0801426154.
- Sommer, R. S. and Benecke, N. (2006). "Late Pleistocene and Holocene development of the felid fauna (Felidae) of Europe: A review". Journal of Zoology 269: 7. doi:10.1111/j.1469-7998.2005.00040.x.



loading...
loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.