Pesquise no Grupo AVPH
loading...

Era Neoproterozoico


   Iniciou a 1,0 bilhões de anos atrás e terminou a 540 milhões de anos atrás. Essa era foi marcada por um tempo de relativa calmaria tectônica, pois praticamente todas as áreas continentais estavam aglutinados formando o supercontinente Rodínia e em seguida, lentamente desformando-o há 750 milhões de anos atrás. Ocorreram também episódios de glaciação e a teoria da "Terra bola de neve".

    - Período Toniano: vai de 1,0 bilhões à 850 milhões de anos atrás.

    - Período Criogeniano: vai de 850 milhões à 635 milhões de anos atrás.

    - Período Ediacarano: vai de 635 milhões à 540 milhões de anos atrás.

   No início dessa era, praticamente todas as áreas continentais estavam aglutinados formando o supercontinente Rodínia, porém enquanto algumas áreas ainda estão sendo coladas no supercontinente, outras já estão começando a se descolar. Enquanto estavam em curso de orogenias a Ásia, Austrália e Europa, na plataforma sulamericana já começavam os esforços distensivos, rasgando a crosta em vários locais e permitindo a ascensão de diversos mares pequenos. O nome Rodinia tem origem no Russo ródina que significa "A Terra Mãe". É um supercontinente hipotético, que continha a maior parte ou a totalidade da massa de terra da Terra. De acordo com reconstruções de placas tectônicas, Rodínia existiu entre 1,1 bilhão e 750 milhões de anos atrás, sendo um dos maiores supercontinente que já existiu ao lado de Pangeia. Rodínia aparentemente se fragmentou ao longo de dois grandes riftes, gerando três blocos principais: Gondwana Leste (Antártica + Austrália + Índia + parte da Ásia), Laurásia (América do Norte + Báltica + Groenlândia + Sibéria) e Gondwana Oeste (América do Sul e África).
   Outra característica marcante do Neoproterozóico é a ciclicidade de episódios de glaciação. A maior parte das rochas geradas nesse período são coberturas plataformais, que adentraram pela Era Paleozóica quase sem interrupções.

Referências:
- http://www.stratigraphy.org/index.php/ics-chart-timescale
- James G. Ogg (2004). "Status on Divisions of the International Geologic Time Scale". Lethaia 37 (2): 183–199. doi:10.1080/00241160410006492.
- Ogg, James G.; Ogg, Gabi; Gradstein, Felix M. (2008). The Concise Geologic Time Scale. Cambridge University Press. p. 184. ISBN 978-0-521-89849-2.
- Knoll, A. H.; Walter, M.; Narbonne, G.; Christie-Blick, N. (2006). "The Ediacaran Period: a new addition to the geologic time scale". Lethaia 39 (1): 13–30. doi:10.1080/00241160500409223.



loading...
loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.